Quero pintar a minha com as cores que o Arco-Íris tem... Pois, "Quem tem Alma, não tem calma!"

27
Ago 12

"Ainda, há pouco unidos
Nossos corpos já um ao outro alheios.
...

Os murmúrios da noite em meus ouvidos.
Uma réstia de lua nos teus seios.

Sente-se a noite a fluir…
Talvez, pela manhã,
nossos corpos se tornem a unir
Na mesma ânsia urgente e vã

Agora, dormes nua
Sobre os lençóis,- distante e ao mesmo tempo, aqui.
E essa réstia da lua,
Vem da lua ou de ti?

Como pude eu tocar teu corpo, - estátua
Duma Alma que ignoro?
Amor… que chama fátua!
E choro, choro."
 
(José Régio)
publicado por AsCoresdaAlma às 22:32

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
16
17

19
20
21
23
24
25

26
28
30
31


mais sobre mim